I Congresso de Direito Transnacional “Conditrans”

I Congresso de Direito Transnacional “Conditrans”

As situações da vida, que por mais insignificantes que possam transparecer, se convertem em eventos de honra que nos vão preenchendo a alma e enlevam o ego, vão obtendo a sua progressão.

Vem isto a p20160422_092115ropósito da minha participação como congressista na Faculdade de Direito de Salamanca «Facultad de Derecho y Fundación General de Universidad de Salamanca», onde defendi o tema em sede de Direito Tributário sob a epígrafe de “Oficiosidade no processo judicial tributário”. Penso ter conseguido estabelecer o cotejo entre os ordenamentos jurídicos português, espanhol, francês e brasileiro, com especial referência ao caso concreto do primeiro, concretizando por uma almejado modus operandi.

Do relacionamento com os restantes congressistas, corroboro os pensamentos que já havia extraído anteriormente e que ora reproduzo:CONDITRANS_Diploma

– A inesgotável fonte da vida é o conhecimento.

– O estímulo ao re
curso da sapiência é o reconhecimento.

– A manutenção cognoscitiva reside na partilha.

– A partilha gera amizade, simbiose cultural, a eliminação de tabus, e é a expressão do que deveria ser a sociedade na sua íntegra.

SALAMANCA_22.04.2016Deixo os parabéns à comissão organizadora, especialmente na pessoa do Dr. Fábio Veiga e da Drª Francielle Vieira, a quem agradeço o convite, e o apoio que paulatinamente foram prestando, quer no período prévio ao evento, quer durante o seu decurso.

Deixo uma palavra de apreço a todos os congressistas que revelaram um conhecimento in extremis nas áreas sobre as quais dissertaram.

E deixo concomitantemente, um peculiar reparo para o Prof. Dr. D. LORENZO MATEO BUJOSA VADELL, pela sua humildade, cordialidade, afabilidade e requintado gosto da partilha e interação.

A todos um bem haja.

ARTIGOS RELACIONADOS:

http://antoniosoaresrocha.com/direito/i-congresso-juridico-de-investigadores-lusofonos-i-conjil

http://www.conditrans.com/

Sobre Antonio Soares da Rocha

Antonio Soares da Rocha
O autor tem uma experiência superior a 30 anos como funcionário da Autoridade Tributária, passando por todas as metamorfoses da carreira até ocupar funções de jurista e representante da Fazenda Pública. Em período precedente estivera ligado ao setor das telecomunicações, à mediação e direito dos seguros. Terminou a licenciatura em direito na Universidade Lusófona. Adquiriu a qualificação de Mestre em Direito na Universidade Católica com a defesa da tese na área do Direito Fiscal, e publicada pela editora daquela Universidade em Portugal e Brasil. Investigador da Universidade do Minho, defendeu como congressista temas científicos em universidades de renome. É autor de algumas obras com edições continuadas, designadamente “Oposição vs Impugnação Judicial”, “O Essencial sobre o Arrendamento Urbano”, “Minutas e Formulários – Anotados e Comentados” e "A Demanda e a Defesa nas Execuções Cíveis e Fiscais". Em termos desportivos, é praticante de Karate Goju-Ryu e treinador reconhecido pelo IPDJ. Embora tenha iniciado essa prática com referência à linha do Mestre Taiji Kase, viria a ser consagrado cinto negro na vertente de Karate Shotokan pelo Mestre Hiroku Kanazawa em 1999, e posteriormente, pelo estilo que ora pratica, da linha Okinawa Goju-Ryu Karatedo Kyokai.

Veja Também

Oposição vs Impugnação Judicial – 2ª EDIÇÃO

Tweet Email Tweet EmailPREFÁCIO À 2ª EDIÇÃO Somos com alguma frequência conotados com a falta ...